Em relação ao anúncio do prefeito ACM Neto de reabertura dos shoppings de Salvador diante de um percentual de ocupação de leitos de UTI exclusivos para tratar pacientes com a Covid-19 se manter em 75%, o deputado Hilton Coelho (PSOL) afirmou que “o compromisso dos poderes públicos deve ser com a vida humana deve ser maior que o lucro e tomamos com estranhamento a anunciada reabertura. A estratégia utilizada pelo prefeito ACM Neto para viabilizar a abertura do comércio na cidade de Salvador nada mais é que a manipulação de dados que não condizem com a realidade e muito menos demonstra que a contaminação está diminuindo”.

O parlamentar também questiona a estabilização da contaminação por Coronavírus em Salvador. “Se a doença estivesse estabilizada em nossa capital, o correto seria desmobilizar os leitos de forma progressiva, o que vemos, porém, é o aumento de instalações de UTI’s, abrindo dezenas todas as semanas. Essa amostragem não indica diminuição nos casos e sim ampliação do número de leitos. Queremos que se efetue uma testagem em massa da população, única forma confiável de se garantir que a contaminação diminuiu. A Prefeitura de Salvador, o Governo do Estado e a União devem fazê-la o mais rápido possível e nada justifica o adiamento desta medida”.

Para o legislador “é fundamental uma ação governamental nos bairros, em especial os periféricos para que se resolvam os problemas estruturais com a falta de água, acesso ao álcool gel, combate à proliferação de dengue, zika, chikungunya e também uma ação especial nas ilhas, em especial na Ilha de Maré onde falta acesso à saúde e diversos outros problemas. Não podem ser esquecidas as ações sociais nos bairros populares com aumento na distribuição de cestas básicas, por exemplo, para permitir isolamento social eficiente. Defendemos a vida e o direito a um tratamento digno a quem for contaminado. Não devemos ceder às pressões do empresariado que prefere colocar a vida da população em risco a ver o seu lucro diminuir”, conclui Hilton Coelho.

Compartilhar