A delegada de polícia civil, Ivalda Oliveira Aleixo, foi encontrada baleada dentro do apartamento onde mora na capital paulista.

Considerada uma das principais delegadas de polícia de São Paulo, Ivalda Aleixo foi responsável pela prisão de Luciano Ayan, empresário que mantém fortes ligações com o MBL.

Na residência em que a delegada foi encontrada havia marcas de tiros. De acordo com as informações do Balanço Geral da TV Record, ela foi levada inconsciente e em estado grave para o Hospital das Clínicas.

O tiro acertou a proximidade da veia femoral de Ivalda Oliveira Aleixo, ferimento considerado grave, que pode matar em questão de minutos. Ainda de acordo com as informações, havia diversas marcas de tiros dentro do apartamento.

Funcionários do prédio perceberam marcas de sangue no elevador, seguiram um rastro que levavam até o apartamento da delegada e acionaram o socorro. As marcas seriam de alguém que fugiu do apartamento de Ivalda.

Compartilhar