O governo estadual, através de decreto publicado em edição do Diário Oficial do Estado desta quarta-feira, 5, ampliou o toque de recolher em Salvador para as 22h e liberou a venda de bebidas alcóolicas nos finais de semana na capital baiana.

As unidades de ensino, públicas e particulares, de Salvador também foram autorizadas a retomar as atividades de forma semipresencia, considerando que a capital baiana manteve a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid abaixo de 75% por cinco dias consecutivos.

As alterações estão publicadas na edição do Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (5). Ainda de acordo com o decreto, caso a ocupação de leitos de UTI Covid volte a atingir o índice de 80% em Salvador, poderá haver alteração no horário do toque de recolher, na liberação de aulas e na comercialização de bebidas.

No restante da Bahia, para liberação das aulas semipresenciais em cada município e venda de bebida alcoólica aos finais de semana, continua a valer a determinação de que as regiões de saúde precisam alcançar a taxa de 75% ou menos de ocupação de leitos de UTI por cinco dias consecutivos. Esse mesmo critério vale para alterar para 22h o início do toque de recolher nos outros municípios baianos.

Compartilhar