ATUALIZADO -19:05- Azul desmente notícia e afirma que David Neeleman não vendeu nenhuma ação ativa da Azul

Em contato com o INFORMA1, a Azul Linhas Aéreas informou que a matéria publicada nesta terça (14) e repercutida por nosso portal e produzida pelo site, “Diário da Aviação”, não condiz com a verdade.

Segundo assessoria de comunicação da empresa, o fundador e acionista controlador da Azul, David Neeleman, fez um empréstimo pessoal e usou como garantia parte das ações da Azul que ele têm.

“O impacto da pandemia do Covid19 no mercado de ações, porém, ocasionou uma chamada de margem no empréstimo e, por isso, o banco executou a garantia. Portanto, o David não vendeu ativamente as ações e muito menos desacredita no potencial da Azul mesmo em meio a essa crise“, afirma o comunicado da Azul.

 

Compartilhar