O triunfo do Bahia sobre o ABC, que garantiu ao tricolor a classificação às quartas de final da Copa do Nordeste, neste sábado (10), em Pituaçu, vai ficar marcado para o atacante Oscar Ruiz. O paraguaio estreou pelo Esquadrão no segundo tempo do duelo e só precisou de 31 segundos em campo para anotar o gol que garantiu a vitória baiana.

Após o jogo, Ruiz ganhou elogios do técnico Dado Cavalcanti. De acordo com o comandante tricolor, o atacante mostrou que vai contribuir com a equipe ao longo da temporada.

“Desde que chegou, tenho conversado com ele, sobre as expectativas que tenho em cima dele. Na entrada ele já demonstrou quais são seus predicados, sua contribuição. Tanto faz o lado de jogo, canhoto, rápido, que tem um tempo de ataque ao espaço fantástico. Nossos jogadores vão precisar ter um pouco mais de contribuição ofensiva, entender como ele joga porque ele se posiciona muito bem na defesa adversária. Essa diagonal, esse ataque à última linha, é algo que sempre me chamou atenção. Ele está tendo um pouco de dificuldade de adaptação, até à própria língua, sofrendo com desgaste de treinamento, do calor. Tudo faz parte. Foi importante ele ter entrado, ter feito o movimento que vamos esperar que ele faça mais vezes para os companheiros entenderem o perfil de jogo”, explicou Dado.

O treinador falou também sobre outros pontos da partida e do Bahia como um todo, que é a postura do sistema defensivo. Na atual temporada o Bahia sofreu gol em sete dos nove jogos que fez, um problema que vem desde a temporada passado. De acordo com o Dado Cavalcanti, apesar dos números, o setor tem evoluído.

“A primeira forma de corrigir qualquer defeito é entendendo como as coisas acontecem. O gol que tomamos não foi por deficiência defensiva, foi por um erro de construção. Passe equivocado, perdemos a bola num lugar um pouco mais longe do nosso raio de ação para exercer pressão pós perda. Erro foi do sistema ofensivo, como construção. Exceto isso, o adversário não propôs nenhum tipo de dificuldade ao nosso gol. Evoluímos bem de um jogo para outro no quesito bola aérea, muito mais no bloqueio dos cruzamentos. Nosso encaixe foi um pouco mais eficiente. Continuar com esse processo de evolução entendendo como as coisas estão acontecendo”, disse ele.

Com a classificação garantida no Nordestão, o Bahia agora vai focar na partida contra o CRB, adversário nas quartas de final. A decisão em jogo único será em Salvador, já que o Esquadrão conseguiu melhor campanha na primeira fase.

Pelo chaveamento da competição, quem avançar entre Bahia e CRB vai encarar o vencedor de Fortaleza e CSA na fase semifinal.

Compartilhar