Uma criança de 8 anos está soterrada s após um deslizamento de terra e queda de parede no bairro de Sussuarana. Equipes de socorro já foram encaminhadas ao local.

Uma vizinha da família conta que o barranco cedeu pelos fundos da casa da família, depois das 10h desta quinta-feira (23). “Quando eu passei para ir para casa de minha mãe eu vi o desespero da mãe da menina, gritando, pedindo socorro. Eu chamei o pessoal para ajudar a socorrer”, diz ela, que prefere não se identificar.

Outro caso de soterramento foi registrado na Rua Celika Nogueira, em Águas Claras, onde um casal ficou preso após um deslizamento.

Nesta quinta de chuva, a Defesa Civil de Salvador (Codesal) recebeu 111 solicitações até às 11h causadas pelo mau tempo.

Foram 41 deslizamentos de terra, 27 avaliações de imóvel alagado, 11 ameaças de desabamento, nove ameaças de desabamento, cinco desabamentos de muro, cinco desabamentos parcial, quatro imóveis alagados, dois desabamentos de imóvel, duas infiltrações, um alagamento de área, uma ameaça de desabamento de muro, uma árvore ameaçando cair, uma árvore caída e um destelhamento.

Quem precisar acionar a Codesal deve ligar gratuitamente para o 199. O órgão continua funcionando normalmente, por se tratar de um serviço essencial para o município, mas alerta para que a população fique em casa se possível e evite aglomerações, por conta da pandemia do coronavírus.

Compartilhar