O presidente da Fundação Gregório de Mattos, Fernando Guerreiro, revelou em entrevista, nesta terça-feira, 7, que estuda, com a Prefeitura de Salvador, a criação do ‘Palco dos Poetas’, na Praça Castro Alves, no local onde foi encontrada a estrutura de uma fonte durante a escavação do projeto das obras no ano passado.

“É uma ideia original ainda, que estamos tentando fazer, porque ali era uma fonte mas tem uma estrutura de palco. Estamos conversando com o prefeito ainda para transformar aquilo ali em um espaço onde as pessoas possam declamar, fazer pequenos shows, criar inclusive um ponto de contemplação do pôr do sol com música ao vivo e poesia”, declarou Fernando.

A iniciativa busca tranformar o local ocioso em um ponto de encontro artístico. “A ideia é trazer mais vida para a praça, porque a praça praticamente não tem nada. Na hora que a gente cria um espaço para cultura, nós movimentamos muito aquilo ali”, pontuou.

A estrutura foi encontrada após a realização de uma escavação de 20 metros, com a utilização de um georradar, usado para identificação de materiais no solo que ainda estão em estudo. As supeitas é de que a estrutura pertencia ao Teatro São João, inaugurado em 1812 e destruído por um incêndio em 1923.

Compartilhar