O crescimento de apreensões de cocaína, na Bahia, foi de 1.000%, em 2020, na comparação com o ano anterior. Em números absolutos foram encontrados 600 kg, em 2019, e pouco mais de sete toneladas, em 2021.

As ações de combate contra as organizações criminosas renderam também aumento de 40% na quantidade de maconha localizada. Em 2020 as polícias Militar e Civil, com apoios da PF e PRF, apreenderam 55 toneladas da erva. Em 2019 tinham sido 33 toneladas.

O trabalho investigativo contra o tráfico de drogas é desempenhado pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e os patrulhamentos preventivo e repressivo pelo Comando de Operações da PM.

Compartilhar