Em meio a uma série de compromissos vinculados ao grupo empresarial que carrega seu nome na cidade de Buenos Aires, o prefeito eleito de São paulo, João Doria (PSDB), fez elogios a Fernando Haddad e disse que o petista tem agido de maneira “muito correta” e “republicana”.

Em entrevista coletiva após um evento promovido pelo grupo Lide, Doria elogiou a decisão do atual prefeito de antecipar medidas preventivas a enchentes. “Fernando Haddad foi muito correto em antecipar os programas de prevenção às enchentes. Ele vai começar agora, no mês de outubro, para melhorar a preservação de córregos e a limpeza dos bueiros”, afirmou.

O prefeito eleito João Doria ao se encontrar com o atual Fernando Haddad na sede da prefeitura
O prefeito eleito João Doria ao se encontrar com o atual Fernando Haddad na sede da prefeitura

Durante discurso a uma plateia de empresários, segundo registro do jornal “O Estado de S. Paulo”, Doria disse ainda que Haddad é “maior e melhor” do que o PT.

“Ele foi meu adversário, mas é um homem de bem. Ele é maior e melhor do que o partido a que pertence”, afirmou o tucano.

Doria deve participar ainda nesta sexta-feira (14) de um encontro com o prefeito de Buenos Aires, Horácio Lareta. Após o ato, ele ainda elogiou a postura de Haddad durante a transição paulistana. “A transição está sendo feita republicanamente, como eu desejava, já imaginava e como deseja também felizmente o atual prefeito da cidade de São Paulo”.

CAMELÔS

Também em Buenos Aires, Doria afirmou que sua equipe de transição está estudando a criação de espaços espefícicos para vendedores ambulantes. O tucano disse que é preciso ter uma olhar “para a questão humana” dos que atuam na informalidade.

“São dois milhões de desempregados e parte desse universo são os camelôs”, disse. “Nosso sentimento é de dar uma oportunidade para esses ambulantes em espaços públicos organizados, mas não nas ruas. (…) Uma das alternativas são shoppings do povo, shoppings populares”, concluiu.

 

Compartilhar