Um corpo foi resgatado na praia de Subaúma, em Entre Rios, cidade a cerca de 145 km de Salvador, na manhã desta sexta-feira (6), e a suspeita é de que seja do homem que estava desaparecido após entrar no mar na região do emissário de Arembepe, em Camaçari.

De acordo com os bombeiros, o local onde o corpo foi encontrado fica a cerca de 85 km distante de onde Esdras Ferreira, de 26 anos foi visto pela última vez.

Segundo o órgão, o corpo foi visto por pescadores na praia de Subaúma na tarde de quinta-feira (5). Os homens acionaram os salva-vidas e o Corpo de Bombeiros, que entraram em contato com a família.

Ainda de acordo com os bombeiros, parentes da vítima disseram que o corpo apresentava tatuagens semelhantes ás que Esdras possúia.

Esdras estava desaparecido desde domingo (1º) quando mergulhou no mar de Arembepe. De acordo com a família, ele teria entrado na água para resgatar duas pessoas que se afogavam. Ambos foram salvos, mas Esdras não conseguiu retornar e acabou se perdendo no mar.

“As pessoas que estavam lá disseram que ele foi tentar salvar duas pessoas. Ele viu as duas pessoas se afogando e saiu para ajudar. Ele conseguiu ajudar. Ele conseguiu salvar as pessoas, mas acabou se afogando”, contou Diana Gabriel, prima da vítima.

Esdras era morador de Catu, município 90 km distante de Salvador, e passava o dia em Arembepe, onde a família tem uma residência. Ele havia acabado de chegar no local quando soube do afogamento e tentou resgatar as pessoas na água, antes de desaparecer no mar.

Compartilhar