Salvador está em seu período mais chuvoso e quem quer aproveitar o fim de semana para fazer um programa cultural sem correr o risco de se molhar tem diversos espetáculos teatrais como opção.

Um deles é Animal, um solo de Cyria Coentro, que faz duas apresentações no Café-Teatro Rubi neste fim de semana depois de uma temporada bem-sucedida no Teatro Gregório de Mattos. As sessões acontecem nos dias  1º e 2 de junho, às 20h30, com ingresssos a R$ 40 (valor único). O espetáculo dirigido por Celso Nunes traz uma reflexão irônica e bem humorada sobre o ensino que, mais do que nunca, precisa ser repensado para voltar a interessar aos jovens, e também sobre a carreira de professor, o choque de gerações entre pais e filhos, educadores e alunos.

Cyria Coentro volta a cartaz com Animal, em curtíssima temporada (Foto: Divulgação)

Tem ainda os espetáculos que estão sendo reapresentados dentro da Mostra Prêmio Braskem de Teatro. São duas opções de peças infantojuvenis neste domingo (3): Com o Rei na Barriga, que terá sessão única às 11h, no Teatro Molière; e Virgulino Menino, Futuro Lampião, que terá sessão única às 16h, no Teatro Módulo. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

Com o Rei na Barriga conta a história de Jourdanzinho, um adolescente que tem dificuldade de socialização e “compra” amigos, que dele só se aproximam para explorá-lo. A visão distorcida do mundo e das relações com o outro de Jourdanzinho é fruto da permissividade dos pais na construção do seu caráter. Já a peça Virgulino Menino, Futuro Lampião conta a história fictícia da infância de um dos maiores mitos do Nordeste: o cangaceiro Lampião. O texto é repleto de elementos poéticos típicos do Nordeste e do sertão brasileiro, como a Poesia de Cordel, o Forró, Xaxado, Galope, Xote e Emboladas.

Com o Rei na Barriga é um dos espetáculo infantojuvenis exibidos na Mostra Prêmio Braskem de Teatro (Foto: Diney Araújo/ Divulgação)

Também no Teatro Módulo segue em cartaz o espetáculo O Corrupto, de Frank Menezes, que será apresentado no domingo (3), às 20h. Com texto escrito por ele e direção de Marcelo Praddo, Frank Menezes dá uma sacudida na plateia e faz todo mundo pensar, ao mesmo tempo que arranca gargalhadas, sobre como todos colaboram para a corrupção que tanto condenamos. Os ingressos custam R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia).

Em junho, Teatro Gamboa Nova recebe espetáculos comemorativos dos 20 anos de carreira do artista Alê Casali (Foto: Divulgação)

O Teatro Gamboa Nova recebe, em junho, o artista Alê Casali, que comemora seus 20 anos de carreira com a apresentação de quatro espetáculos de palhaçaria. Além de ficar em cartaz com espetáculos solos, o artista Alê Casali, que brinca de misturar Chaplin e Nóbrega, com muito estudo e dedicação à arte do palhaço, também reúne gerações da palhaçaria de Salvador, celebrando seu aniversário em uma divertida ocupação. Neste fim de semana serão apresentados Eu, eu Mesmo e Biancorinho (sábado, às 17h); Mala sem Alça, Palhaço sem Calça (domingo, às 17h). Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

O Circo da China neste fim de semana no TCA (Foto: Divulgação)

E Salvador também recebe espetáculo internacional neste fim de semana. O Circo da China apresenta até domingo no Teatro Castro Alves o espetáculo On Ice Mundo da Imaginação. No total, serão seis sessões na capital baiana. O espetáculo é realizado em uma pista de gelo e os admiradores das acrobacias terão a oportunidade de assistir a uma megaprodução circense com mais de 30 artistas chineses, dentre eles acrobatas, contorcionistas e dançarinos que desafiam as leis da gravidade em números de tirar o fôlego. Os ingressos variam de R$ 35 a R$ 150.

Compartilhar