Comerciantes protestam no Nordeste de Amaralina — Foto: Jefferson Borges

Comerciantes do bairro do Nordeste de Amaralina fecharam a Rua Cristóvão Ferreira, na manhã desta sexta-feira (14), em protesto a mais uma semana de restrições das atividades comerciais no bairro.

A localidade já teve as medidas de restrição prorrogadas por cinco vezes. Equipe da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) está indo ao local, para acompanhar a situação. Ainda não há registro de congestionamento no local.

O Nordeste de Amaralina é um dos bairros que mais preocupam o prefeito ACM Neto, por causa do volume de casos confirmados da Covid-19 todos os dias. Em uma das entrevistas coletivas, no dia 6 de agosto, o prefeito fez um apelo aos moradores.

“Eu preciso fazer um apelo aos moradores do Nordeste de Amaralina, porque a gente quer sair de lá, mas ainda não consegue, porque não há redução de casos. Todos os dias fazemos testes e 35% dos testes dão positivo. Eu peço aos moradores para que colaborem com nossas medidas, para que a gente tenha redução do número de casos e que possamos deixar as medidas restritivas do bairro”, disse ACM Neto na ocasião.

Na última atualização bairro-a-bairro, feita pelo secretário de Saúde do município, Léo Prates, o Nordeste de Amaralina registrava 901 casos da Covid-19. O dado corresponde até a quarta-feira (12).

Compartilhar