O dono de um mercado do bairro de Mussurunga, em Salvador, ficou ferido após ser baleado durante um assalto no estabelecimento comercial, na noite de terça-feira (19). A informação foi confirmada pela Polícia Militar. Segundo a família, a vítima precisou passar por uma cirurgia para retirar a bala na madrugada desta quarta-feira (20).

Conforme a PM, o estabelecimento fica Setor A. O crime ocorreu por volta das 19h, e foi cometido por dois homens – um que entrou no mercado, e outro que deu apoio.

De acordo com testemunhas, o criminoso entrou no local, anunciou o assalto e pegou o celular de um dos clientes.

“Era 18h47, e entrou um homem armado, já anunciou assalto. Ele chegou e pegou o celular de um cliente. Em seguida, pediu para todo mundo que estava na loja ir pro fundo do estabelecimento. Na frente, ficaram só os proprietários”, disse.

A testemunha disse ainda que, após o anúncio do assalto, o homem pediu dinheiro para os proprietários, quando começou uma luta corporal entre eles.

“Ele pediu dinheiro para os donos. O dono então pegou o dinheiro para levar até a ele. O assaltante então percebeu que o proprietário estava se aproximando demais e tentou empurrá-lo. Foi quando o proprietário agarrou o assaltante tentando fazer uma imobilização”, revelou.

A testemunha disse também que, ao ver a situação, a esposa do comerciante deu uma garrafada no assaltante para tentar salvar o marido. Foi nesse momento que o criminoso baleou a vítima.

“A proprietária foi por trás do assaltante, pegou uma garrada com licor e atingiu a cabeça do assaltante. Na primeira garrafada, o homem e o assaltante caíram por cima de um freezer. Foi ai que o criminoso deu o primeiro disparo, que atingiu o braço”, revelou.

“Depois, os dois rolaram e, já próximo da porta do mercado, o assaltante deu o segundo disparo, caiu na rua, levantou, entrou em um carro branco e fugiu”, completou.

Agentes da 49ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), que atendem no bairro, chegaram a ir a té o local, mas não encontraram os suspeitos.

O comerciante foi socorrido e levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em São Cristóvão. Após receber os primeiros socorros, ele foi transferido para o Hospital Geral do Estado (HGE). Não há informações sobre o estado de saúde dele.

Compartilhar