O comentarista da emissora conservadora, Brado Rádio, disse no programa transmitido na manhã desta terça-feira (8), que o prefeito ACM Neto já sabia que a Festa da Virada não iria acontecer.

Conforme Gervazio Lopes em sua análise, o cancelamento do evento serviu como catalisador para justificar medidas de restrição na capital baiana. Segundo o conservador, “Neto criou um motivo para que os cidadãos fizessem concessões”, assista:

 

Compartilhar