Após sentir dores abdominais durante a madrugada desta quarta-feira (14), o presidente Jair Bolsonaro foi levado para o Hospital das Forças Armadas (HFA) em Brasília, para fazer exames. A agenda oficial dele foi cancelada.

Há mais de 10 dias o presidente está com soluços constantes, e não esconde o incômodo ao sentir dificuldade para falar, situação que já ocorre há mais de dez dias seguidos. As contrações involuntárias do diafragma, segundo ele, pode estar sendo causadas por remédios que ele tomou após uma intervenção na boca para fazer implantes dentários.

A agenda da manhã desta quarta previa, às 11h, um encontro com os presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) e do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux. Essa reunião foi definida no início da semana, com o objetivo de apaziguar o ambiente entre os poderes da República.

Incômodo
Por conta da recorrência durante entrevistas e discursos,os soluços do presidente passaram a chamar a atenção de internautas, como demonstra o aumento nas buscas por termos como “soluço” e “passa mal”, que estiveram entre as principais pesquisas relacionadas ao nome de Bolsonaro nos últimos dias, de acordo com a ferramenta Google Trends.

A primeira demonstração de incômodo do líder nacional ocorreu no dia 5, quando, em sua tradicional conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada. Na ocasião, ele disse que estava falando pouco por ter feito dois implantes dentários no sábado anterior.

Dias depois, durante uma entrevista na quarta-feira da semana passada, o presidente explicou que estava com soluço e afirmou que acreditava que a causa eram remédios.

“Estou com soluço há cinco dias. Fiz uma cirurgia para implante dentário no sábado. Talvez em função dos remédios que eu estou tomando, estou 24h por dia com soluço”, comentou, em entrevista à rádio Guaíba, do Rio Grande do Sul. A situação se repetiu na quinta, durante transmissão da Live de Quinta, em suas redes sociais. O presidente chegou a pedir desculpas e disse que talvez não conseguisse se “expressar adequadamente”.

Compartilhar