Lorenzo Sanz, ex-presidente do Real Madrid, está internado na UTI em estado grave. De acordo com a imprensa espanhola, o ex-dirigente, de 76 anos, ingressou no hospital há alguns dias com um quadro de febre e, após testes, deu positivo para o novo coronavírus.

Sanz foi presidente do Real Madrid entre 1995 a 2000, quando foi substituído por Florentino Pérez. Durante sua passagem, o time conquistou duas Liga dos Campeões: a de 1998, quando o clube venceu na final a Juventus em Amsterdã – e quebrou um jejum de 32 anos sem torneios continentais -, e a de 2000, quando o Real bateu o Valencia em Paris.

O Valencia, aliás, afirmou em nota nesta terça-feira (17) que 35% do seu elenco está contaminado pelo novo coronavírus. “Todos são casos assintomáticos e se encontram em seus domicílios com acompanhamento médico e com medidas de isolamento, realizando com normalidade seu plano de trabalho programado”, anunciou o clube.

Compartilhar