A Receita Federal encontrou cerca de 1,1 tonelada de cocaína durante uma operação realizada no porto de Salvador, na tarde desta segunda-feira, 27. A droga apreendida, que estava em meio a uma carga de manga, está avaliada em R$ 201 milhões.

O material seria enviado para o porto de Roterdã, na Holanda, em um navio. A droga foi encaminhada para a Superintendência da Polícia Federal, que investigará o caso.

Segundo a Receita, essa é a quarta apreensão de cocaína em 2020 no Porto de Salvador. O total interceptado este ano atinge a marca de 3,7 toneladas da droga.

Ainda segundo informado, como nas apreensões anteriores, há a suspeita de que foi usada a técnica criminosa denominada “rip-off modality”, termo que consta do glossário do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes (UNODC) e define as apreensões em que a droga é inserida em uma carga lícita sem o conhecimento dos exportadores e importadores.

Compartilhar