nessa questão”.

Foi aprovado na Câmara de Salvador o projeto (PIN nº. 42/2015) que indica ao Governador Rui Costa alteração na cobrança de pedágios na Bahia. A proposta é a de que os usuários possam ser isentados do duplo pagamento ao percorrerem entre um trecho ou outro de uma rodovia, geridos pelas diferentes concessionárias, num intervalo de tempo de até duas horas. “O objetivo é reduzir os impactos das taxas ao cidadão que faz pequenos deslocamentos entre cidades interligadas por atividades logísticas de constante movimentação. Além disso, há a possibilidade de o usuário não ser taxado mais de uma vez numa viagem de curta duração, como ainda ocorre em toda a Bahia”, explica o vereador Luiz Carlos Suíca (PT), autor do projeto.

Compartilhar