Um homem apontado pela polícia como chefe de uma facção criminosa, e com envolvimento em vários crimes como homicídio, morreu durante confronto com a Polícia Militar, no bairro de Pernambués, em Salvador, no final da tarde desta terça-feira (17). A informação foi confirmada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA).

Segundo o órgão, o homem era alvo prioritário da polícia e tinha envolvimento com roubos, corrupção de menores e porte ilegal de arma de fogo, além de participação em homicídios.

De acordo com a secretaria, o homem foi achado após denúncias anônimas sobre a venda de drogas na localidade conhecida como Horta. Equipes do CPR Central (1ª CIPM e Rondesp Central) foram até o local e cercaram a área.

Ainda segundo a SSP-BA, houve confronto entre um grupo e os militares. Foi neste momento que o chefe da facção foi baleado. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Não há registro de policiais feridos.

A secretaria disse que uma pistola calibre 380, carregador, munições, um quilo de maconha, 32 pinos de cocaína, uma balança e embalagens plásticas foram achados com o homem. Os comparsas dele conseguiram fugir.

Compartilhar