Com a suspensão dos festejos à Independência do Brasil na Bahia, que completa 197 anos nesta quinta-feira (2), poucas celebrações foram mantidas neste 2 de julho em Salvador. As que foram mantidas, ocorrem sem a presença do povo, por causa da pandemia da Covid-19.

Pela primeira vez em 197 anos, não serão realizados o tradicional cortejo cívico e a apresentação de grupos folclóricos ou culturais pelas ruas da capital baiana.

Na cerimônia desta quinta-feira, as imagens do Caboclo e da Cabocla foram expostas em frente ao Pavilhão 2 de Julho, no bairro da Lapinha, em Salvador. O busto do general Labatut, que também fica na Lapinha, recebeu flores.

Além disso, o hasteamento das bandeiras do Brasil, da Bahia, de Salvador e do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB) foi mantido, mas o acesso foi liberado apenas às autoridades civis e militares, além da imprensa.

A solenidade contou com as presenças do governador Rui Costa, do prefeito de Salvador, ACM Neto, do presidentes da Assembleia Legislativa da Bahia, Nelson Leal, do presidente da Câmara de Vereadores, Geraldo Júnior, além do presidente do IGHB Eduardo Morais de Castro, respectivamente, entre outras autoridades.

O local onde ocorreram as celebrações foi interditado com gradil, com intuito de evitar aglomerações. Os moradores da Lapinha acompanharam a solenidade das portas e janelas das casa.

Imagens dos caboclos neste 2 de Julho em Salvador — Foto: Adriana Oliveira/TV Bahia

Imagens dos caboclos neste 2 de Julho em Salvador

Diante da impossibilidade da participação do povo, a Fundação Gregório de Matos (FGM) preparou uma programação online com filmes, apresentações de filarmônicas, mostra fotográfica, videoaulas e rodas de conversas para que a data seja celebrada pelos baianos, de casa.

A agenda virtual que celebra a data magna do estado já está disponível nesta quinta-feira e segue até a próxima terça-feira (7).

Programação completa:

2 de julho

8h – Hasteamento das bandeiras nacional, do estado e da capital baiana, seguido pela deposição de flores aos Heróis da Independência no monumento do General Labatut (cerimônia restrita).

8h – Estreia do documentário “Dois de Julho – Um Sonho de Liberdade” | Fundação Gregório de Matos

9h – Mesa redonda “Dois de Julho em Defesa da Ciência”, coordenada pelo presidente da Academia de Ciências da Bahia, Jailson Andrade, com participação de ldeu de Castro Moreira SBPC; Luiz Davidovich (Academia Brasileira de Ciências); João Carlos Salles (Ufba e Andifes); Antônio Guedes Rangel Junior (Abruem) e Jadir José Pela (Conif) | Academia de Ciências da Bahia

10h – Sessão em homenagem aos 120 anos da Fiocruz, com participação da diretora da entidade na Bahia, Marilda de Souza Gonçalves; Jailson Andrade (Academia de Ciências da Bahia); Antônio Carlos Vieira Lopes (Academia Bahiana de Medicina); Adélia Pinheiro (Secti) e Nisia Trindade Lima (Fundação Oswaldo Cruz) | Academia de Ciências da Bahia

10h30 – Caminhada virtual com apresentação de fanfarra e participação de pesquisadores e educadores baianos, abordando temas como a independência e seus significados, legado e personagens. Terá mediação da jornalista Vânia Dias, e participação do professor de Antropologia, Marlon Marcos (UNILAB), e o doutor e mestre em Memória, Linguagem e Sociedade, Ruy Medeiros (UESB) | Secretaria de Educação da Bahia

14h a 17h – Mesas de debates sobre “Água e Desenvolvimento Sustentável”, “A Bahia e seu Papel na Década dos Oceanos”, “As Ciências Básicas”, “Os Desafios da Economia em Tempos de Covid-19 ”, “Redução das Desigualdades”, “Cultura e Arte”, além da conferência “Dois de Julho: o portal da Independência” | Academia de Ciências da Bahia

18h – Apresentação de nove filarmônicas em live mediada por Felipe Dias e com participação do maestro Fred Dantas | Filarmônicas Unidas da Bahia | Fundação Gregório de Matos

3 de julho

8h às 21h – Disponível para o público o filme “Dois de Julho: Guerra da Independência na Bahia | Fundação Gregório de Matos

14h – Estreia da série “Mulheres da Independência” | Fundação Gregório de Matos

18h – Cineclube Boca de Brasa com a roda de conversa sobre o filme “Sonho de Liberdade”, com participação do diretor Yuri Rosat, mediação de George Vladimir e alunos do Boca de Brasa | Fundação Gregório de Matos

4 de julho

8h – Exibição o filme “Dois de Julho: Caminhos da Liberdade” | Fundação Gregório de Matos

8h – Atividade “Brincando com o Dois de Julho”, com jogos educativos com o objetivo de entreter e estimular crianças e jovens a aprenderem sobre os fatos e personagens históricos relacionados à independência | Fundação Gregório de Matos

5 de julho

8h – Exibição do documentário “Fui pra Rua e Volto Já” | Fundação Gregório de Matos

10h – Atividade “Brincando com o Dois de Julho”, com jogos educativos com o objetivo de entreter e estimular crianças e jovens a aprenderem sobre os fatos e personagens históricos relacionados à independência | Fundação Gregório de Matos

14h – videoaula “Mulheres da Independência: Episódio 3 – Maria Felipa”, com a professora Luana Soares

6 de julho

8h – Exibição do documentário “Balizando Dois de Julho”, com participação especial do ativista dos direitos humanos Jean Wyllys | Fundação Gregório de Matos

10h – Atividade “Brincando com o Dois de Julho”, com jogos educativos com o objetivo de entreter e estimular crianças e jovens a aprenderem sobre os fatos e personagens históricos relacionados à independência | Fundação Gregório de Matos

14h – videoaula “Mulheres da Independência: Episódio 4 – Caretas do Mingau”, com a professora Vanessa Pereira

7 de julho

10h – Atividade “Brincando com o Dois de Julho”, com jogos educativos com o objetivo de entreter e estimular crianças e jovens a aprenderem sobre os fatos e personagens históricos relacionados à independência | Fundação Gregório de Matos

16h – Bate-papo “Patrimônio É… A Independência do Brasil na Bahia”, que terá como convidados Antonietta D’Aguiar Nunes, Fábio Baldaia, Fred Dantas, Rita Barbosa e mediação de Edvard Passos | Fundação Gregório de Matos

Compartilhar