Uma carreta na manhã deste domingo (7) mostrou o que grande parte do soteropolitanos já sabem: O lockdown vai quebrar Salvador e deixar milhares de desempregados.

Conforme anunciado pelo prefeito Bruno Reis no último sábado, o lockdown foi prorrogado até o dia 15 de março.

Revoltados, empresários da capital e região metropolitana participaram do protesto que recebeu mais de 300 carros em uma carreata que percorreu a avenida Paralela. O evento contou com as presenças de ícones do conservadorismo baiano como o deputado estadual capitão Alden e o ativista conservador Leandro de Jesus.

Veja:

 

Compartilhar