A seleção de Portugal, cujo capitão é Cristiano Ronaldo, doou cerca de 1 milhão de euros ( R$ 6 milhões) para o futebol amador do país. A iniciativa visa ajudar os clubes não profissionais na crise financeira causada pelo pandemia do coronavírus.

Segundo apuração do jornal “A Bola”, jogadores e comissão técnica abriram mão de metade da premiação pela classificação à Eurocopa deste ano (mas que será realizada ano que vem).

A verba reforçará o fundo de apoio para o futebol amador, criado pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) após a decisão de suspender as competições devido à pandemia do Covid-19.

De acordo com a publicação portuguesa, a vaga na Euro rendeu aos cofres da FPF cerca de 13 milhões de euros, sendo que o valor repartido entre jogadores e comissão técnica seria de aproximadamente 2 milhões.

Compartilhar