Vocalista da banda de axé Chicana, o feirense Tarcísio Freitas de Oliveira, conhecido como Tay Chicana, 36 anos, morreu em um acidente automobilístico na tarde deste sábado (19) em Feira de Santana, centro norte baiano.

Segundo o site Acorda Cidade, o artista dirigia um Hyundai IX 35 pela BR-116 Norte, por volta das 16h, quando, ao passar pelo Km 409, o veículo saiu da pista e capotou. Ainda não se sabe se outro veículo está envolvido no acidente.

Foto: Reprodução/Acorda Cidade

Três dias antes da tragédia, Tay havia postado em seu Instagram um vídeo reclamando da falta de educação de motoristas que transitam pelas ruas da segunda maior cidade da Bahia.

“Eu sou de Feira de Santana, e inclusive tô aqui agora… Ontem eu ia postar alguma coisa sobre o trânsito de Feira… E aí ontem eu passei por uma situação na JJ Seabra. É o seguinte: em qualquer lugar do mundo que você dirige, a seta serve para orientar quem está no outro automóvel que você vai entrar à esquerda ou à direita… Serve pra indicar que você quer mudar de faixa… Em Feira, acho que isso incomoda o (outro) motorista… Aqui, você liga a seta, o cara acelera pra você não mudar de faixa… Isso aqui é diariamente. Em outros lugares, é particular de cada mal educado”, iniciou ele na postagem, que tinha como legenda “pior trânsito do mundo”.

Em seguida, explicou a situação vivida na avenida movimentada. “Eu queria mudar de faixa na JJ Seabra… Tentei, desde o início da avenida, pegar a última faixa, porque eu ia entrar, mas não conseguia… Você quer mudar de faixa, não consegue… Parece que é proibido. Até que eu tive que parar na faixa, tomando buzinada atrás, até que um filho de Deus conseguiu segurar e eu consegui entrar no estacionamento”, comentou ele antes de concluir com uma declaração e um apelo: “Amo Feira de Santana, mas vamos nos reeducar no trânsito”.

Ainda de acordo com o Acorda Cidade, Tay morava no conjunto Feira X, e cantava desde os 17 anos. Já integrou diversas bandas, mas foi no axé da Chicana que ele se firmou.

 

Compartilhar