O primeiro semestre de 2020 terminou com o registro de 112 homicídios em Camaçari, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA). Entre as vítimas, a grande maioria foi de homens, 105, e mulheres foram sete. Foram registradas ainda seis tentativas de homicídio.

No mês de junho, foram registrados 10 crimes contra a vida, sendo oito cometidos na Sede do município e dois nas demais localidades. No dia 02, um jovem de 17 anos foi encontrado morto com o rosto completamente desfigurado, atrás do residencial Parque das Algarobas, no bairro Santa Maria.

No dia seguinte, outro jovem de 17 anos foi morto, desta vez na região do Alto da Cruz. O rapaz estava sentando na frente de uma borracharia quando foi alvejado. De acordo com a polícia, ele ainda tentou correr, mas foi seguido pelo atirador e morreu dentro do banheiro do estabelecimento.

O terceiro menor de idade morto no mês de junho foi um adolescente de 15 anos, esfaqueado na cabeça pelo próprio tio, no dia 23. O rapaz foi socorrido para o Hospital Geral de Camaçari (HGC) e de lá foi encaminhado para o Hospital Geral do Estado (HGE). No dia 27, ele não resistiu e foi à óbito.

Compartilhar