Caio Castro investiu parte do dinheiro que faturou como ator da Globo e comerciais publicitários em um ramo afastado da dramaturgia. O galã, de 30 anos, construiu um verdadeiro império empresarial ao lado do seu sócio, Sandro Andrade.

O artista é sócio na Construtora Nosso Lar, desde 2015, e já entregou três torres de apartamentos. Atualmente, ele está construindo um luxuoso condomínio no Canto do Forte, área nobre de Praia Grande, na Baixada Santista, em São Paulo, com 150 apartamentos. Até o fim de 2020, vai construir mais seis empreendimentos, no local, com previsão de entrega para 2023.

“O sucesso e a fama do Caio não são de graça, não são em vão. Ele acompanha tudo de perto e filma para discutirmos nas reuniões. O Caio é um menino que vai fazer 31 anos e é um grande empreendedor, não só bom ator”.

 Rodrigo Pacheco e Caio Castro na obra - Divulgação/ Sal Ricardo

Rodrigo Pacheco e Caio Castro na obra

Imagem: Divulgação/ Sal Ricardo

Fora o ramo imobiliário, Caio também tem participação no setor gastronômico, com 40 lojas da Rede Black Beef de Hamburguerias e ainda pretende inaugurar mais 20 unidades ainda este ano em todo o Brasil. A próxima filial será em Jundiaí (SP).

Francisco Pacheco, diretor da nosso Lar, Rodrigo Pacheco, diretor/ presidente, Caio Castro e seu sócio e empresário, Sandro Andrade,  - Dilvulgação/ Sal Ricardo

Francisco Pacheco, diretor da nosso Lar, Rodrigo Pacheco, diretor/ presidente, Caio Castro e seu sócio e empresário, Sandro Andrade,

Imagem: Dilvulgação/ Sal Ricardo

O namorado de Grazi Massafera ainda tem uma agência de publicidade chamada C3, onde é gerida sua carreira e propagandas comerciais e de mais 10 clientes.

Sandro Andrade e Caio Castro - Wellington/ Divulgação

Sandro Andrade e Caio Castro

Imagem: Wellington/ Divulgação

“O melhor disso tudo é a quantidade de empregos que a gente gera. Na construtora, são 800 empregos diretos. Nas hamburguerias, somando os diretos e indiretos, geramos 1500. Aqui na agência, são 60. Estamos na contramão de um país que vive em crise e seguimos trabalhando duro”, conclui Sandro.

Compartilhar