Bruno Reis, do DEM, foi eleito neste domingo (15), prefeito de Salvador (BA), para os próximos quatro anos. Até as 22h28, Bruno Reis tinha 64,16% dos votos, sendo considerado matematicamente eleito.

O candidato derrotou Major Denice, que ficou em segundo lugar com 18,84% (221.985 votos).

A eleição em Salvador teve 26,50% de abstenção, 3,35% votos brancos e 9,60% votos nulos.

“Com muita alegria, nosso resultado representa o sucesso da maior gestão do Brasil. O prefeito ACM Neto, nesses últimos oito anos, transformou a nossa cidade. O nosso trabalho, o trabalho de um time, que juntos promoveram uma grande revolução nessa cidade”, comemorou.

Bruno Reis tem 43 anos, é casado, tem superior completo e declara ao TSE a ocupação de advogado. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 931.514,59. O vice é Ana Paula Matos, do PDT, que tem 43 anos.

Os dois fazem parte da coligação “Salvador não pode parar”, formada pelos partidos DEM, PDT, MDB, Republicanos, Solidariedade, Cidadania, PL, PSL, PSC, Patriota, PSDB, PV, DC, PMN e PTB.

Veja o resultado após o fim da apuração:

  • Bruno Reis (DEM) – 64,16%
  • Major Denice (PT) – 18,84%
  • Pastor Sargento Isidório (Avante) – 5,32%

Eleição na Bahia

A Bahia, que tem quase 15 milhões de habitantes, é o quarto maior colégio eleitoral do país com 10.893.320 eleitores. Fica atrás apenas dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Nos 417 municípios baianos, 1.336 políticos concorrem ao cargo de prefeito e prefeita, como também de vice-prefeito (a). Além disso, 38.839 irão disputar o cargo de vereador (a). As informações são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e levam em conta as candidaturas consideradas aptas pela Justiça.

Compartilhar