Um dia após anunciar que apenas supermercados, padarias, farmácias, clínicas veterinárias e o sistema de saúde poderão funcionar na próxima semana, o prefeito de Salvador, Bruno Reis, detalhou na manhã desta sexta-feira (26) o novo decreto de medidas restritivas. [Confira o que pode funcionar no final da reportagem]

Diferente do anunciado na quinta-feira (25), o prefeito detalhou que borracharias, oficinas mecânicas, casas lotéricas e cartórios poderão funcionar. Clínicas odontológicas deverão ficar de portas fechadas, no entanto, a emergência pode funcionar.

“Os serviços emergenciais, nós temos bom senso, estamos permitindo. É óbvio que até as próprias ambulâncias têm problemas de manutenção por conta de pneus e precisam dessa manutenção para funcionar. O que nós estamos restringindo e é essa compreensão que a cidade precisa ter, nós estamos fazendo um esforço final para a gente poder retomar as atividades”, contou Bruno Reis, durante o Jornal da Manhã.

Bruno Reis confirmou, durante entrevista coletiva, que vai retomar as atividades econômicas no dia 5 de abril, de forma escalonada. A amplitude da abertura vai ser feita de acordo com a taxa de ocupação de leitos em Salvador.

Os detalhes para a reabertura serão decididos no início da próxima semana entre Bruno Reis, empresários e representantes do comércio, segundo informações da prefeitura.

O prefeito de Salvador também confirmou que o programa “SOS Cultura” foi aprovado na Câmera dos Vereadores e disse que ele tem expectativa de Iniciar o pagamento do benefício na primeira semana de abril.

Além disso, chegou a afirmar que preferiu endurecer as medidas restritivas a antecipar os feriados para não “sepultar o São João”.

“Antecipar feriados como o São João seria sepultar o São João, as vacinas estão chegando, e depende delas para ser realizado ou não”, disse.

Horas antes, Bruno Reis anunciou, em entrevista ao Jornal da Manhã, que a vacinação contra a Covid-19 para idosos a partir de 67 anos começará na manhã de sábado (27) e os idosos com 66 anos no domingo (28).

O prefeito Bruno Reis também tinha adiantado que a ideia é de que os diferentes seguimentos do comércio voltem a funcionar em dias alternados. Ele antecipou o planejamento da prefeitura.

“A ideia é de que os shoppings voltem a funcionar de terça a sábado, direto, então na abriria domingo e segunda. Construção civil de segunda a sexta, sendo possível, bares e restaurantes de quarta a domingo, porque é quando eles têm o maior movimento. Então nós estamos alternando esses dias. Funcionalismo público, serviços, segunda a sexta”, disse.

Também por causa da pandemia, Salvador e todas as cidades da Bahia estão com decreto de toque de recolher, em vigor até as 5h do dia 5 de abril. Com isso, está restrita a circulação noturna de pessoas das 18h às 5h. Além disso, das 18h de segunda (29) até as 5h do dia 5h, só vão funcionar serviços essenciais.

Em todos os municípios das Bahia, o transporte intermunicipal será suspenso durante o feriado da Semana Santa e Páscoa. A suspensão começa a partir da meia-noite de quinta-feira (1º), para circulação e saída dos transportes, e partir das 9h do mesmo dia, serão suspensos a chegada de qualquer transporte intermunicipal. A medida segue até as 5h do dia 6 de abril.

Compartilhar