O prefeito ACM Neto anunciou nesta quarta-feira (20) que as medidas restritivas mais rígidas serão aplicadas a partir de sexta (22) nos bairros de Brotas e Cosme de Farias, com validade de sete dias. Ele também confirmou que as medidas implementadas desde a semana passada na Pituba, cujo prazo se encerrava hoje, serão suspensas, como aconteceu com a Boca do Rio e a região do Centro.

As medidas continuam valendo em Plataforma e também passaram a ser adotadas a partir de hoje na Liberdade, Bonfim e Lobato.

“Vamos precisar dar uma segurada nas atividades, no fluxo de pessoas, no comércio, fluxo de ambulantes. A gente dá um prazo de 48h para as pessoas se adequarem. Não temos como dar um prazo maior porque as decisões são tomadas de maneira muito dinâmica. A partir da sexta-feira (22) começa a valer a medida mais restritiva e o conjunto de ações de apoio e proteção”, explicou ACM Neto.

O chefe municipal tomou a decisão de aumentar a vigilância em Brotas e Cosme de Faris porque o número de casos nessas duas regiões teve um crescimento exponencial no mês de maio. Brotas tem um total de 75 casos e registrou 29 só no quinto mês deste ano. Cosme de Farias registrou o mesmo número neste mês: só que tem um total de 35 casos. Ou seja, quase 83% dos casos foram registrados em menos de um mês.

O decreto permite o funcionamento de: supermercados, farmácias, agências bancárias e lotéricas, repartições públicas e cartórios; estabelecimentos que estejam funcionando em regime de delivery, não sendo permitido o sistema de retirada no local; serviços de saúde e clínicas veterinárias.

Em entrevista que deu por videoconferência, o prefeito, que no momento está em Brasília, também mostrou dados que mostram o crescimento de casos nos últimos sete dias nesses bairros. Neste período, foram 18 em Brotas e 15 em Cosme de Farias.

Compartilhar