O presidente Jair Bolsonaro participará nesta terça-feira (23) da inauguração do Aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista (BA), na primeira viagem ao Nordeste após a polêmica causada pela declaração dele sobre governadores da região.

A previsão é que Bolsonaro chegue à cidade às 10h45, e o evento ocorra às 11h. O aeroporto amanheceu cercado por tapumes.

A viagem ocorre após o governador da Bahia, Rui Costa (PT), anunciar que não participará da inauguração do terminal porque a solenidade ficou restrita a poucos convidados, “como se fosse uma convenção político-partidária” (leia detalhes mais abaixo).

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Nelson Leal (PP), também informou que não participará, em solidariedade à decisão de Costa, assim como Paloma Rocha, filha do cineasta Glauber Rocha, que dá nome ao aeroporto.

A viagem é a segunda de Bolsonaro ao Nordeste desde a posse. Na primeira, em maio, o presidente foi a Pernambuco para participar de reunião da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste(Sudene), em Recife, e inaugurou conjunto habitacional do Minha Casa, Minha Vida, em Petrolina, no Sertão.

Bolsonaro sobre governadores do Nordeste: ‘foi uma crítica de três segundos’
Jornal GloboNews

Governador e presidente da Assembleia ausentes

Nesta segunda (21), o governador da Bahia, Rui Costa, anunciou que não participará da inauguração do aeroporto de Vitória da Conquista.

Costa relatou em vídeo (veja acima) que convidou o governo federal para a inauguração, mas entende que a solenidade ficou restrita a poucos convidados, maior parte de apoiadores do presidente. O Palácio do Planalto não comentou a decisão do governador.

“A medida anunciada é excluir o povo da inauguração, fazer uma inauguração restrita a poucas pessoas, escolhidas a dedo, como se fosse uma convenção político-partidária. Não posso concordar com isso”, disse Costa.

No vídeo, Costa também agradeceu os esforços do ex-governador da Bahia Jaques Wagner, atualmente senador, do ex-secretário de Infraestrutura Otto Alencar, também atualmente senador, e dos ex-presidentes Dilma Rousseff e Michel Temer.

Segundo o governo da Bahia, o novo aeroporto teve investimento de R$ 106 milhões, com mais de R$ 31 milhões do orçamento estadual. A obra, segundo o governo, foi executada pelo estado.

O presidente da Assembleia Legislativa, Nelson Leal,informou por meio de nota que não participaria em solidariedade a Rui Costa, e disse que esperava que o evento fosse um “momento suprapartidário”.

Compartilhar