O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou em entrevista para a Jovem Pan nesta terça-feira, 28, que será “um prazer” debater com o ex-presidente Lula (PT) caso os dois sejam candidatos à presidência nas eleições de 2022.

“Se, porventura, vier a ser candidato, pô, será um prazer debater com ele”, afirmou. Em 2018, Bolsonaro não participou de nenhum debate para o segundo turno contra o candidato do PT, Fernando Haddad, após ter sofrido um atentado durante comício em Juiz de Fora (MG).

De acordo com Bolsonaro, a força eleitoral do petista não pode ser desconsiderada, mas tampouco teria tanto apelo quanto as pesquisas recentes indicam.

“Lula tem voto. Não é quem não tem voto. Mas não é isso que estão botando aí. Ele não consegue tomar uma tubaína na esquina, em qualquer lugar, que vai ser escrachado. Ele não consegue andar por lugar nenhum do Brasil”, disse.

Na última pesquisa realizada pelo Datafolha, Lula apresentou preferência de 44% do eleitorado contra 26% de Bolsonaro

Compartilhar