O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou  que ainda não decidiu sobre as mudanças que fará na composição ministerial e que ainda terá um encontro com o senador Ciro Nogueira (PP-PI) para definir se o político será escolhido para chefiar a Casa Civil.

“A ideia de trazer o Ciro. Conversei com ele por telefone e devo conversar na segunda-feira para depois tomar uma decisão. Não vai ser um casamento pela internet. Eu conheço o Ciro. Integrei, mais da metade do meu tempo de parlamentar, o PP”, afirmou o presidente, em transmissão ao vivo nas redes sociais nesta quinta-feira, 22.

Ciro Nogueira é o presidente nacional do Progressistas. Na sequência, Bolsonaro admitiu que “pode ser” que ele ingresse no partido para disputar a reeleição em 2022. O presidente está sem partido desde 2019, quando deixou o PSL, mas precisará se filiar a uma legenda caso queira concorrer a um novo mandato.

Jair Bolsonaro já afirmou que fará mudanças na composição ministerial. Mais cedo, ele havia dado certeza da escolha de Nogueira para a Casa Civil, hoje comandada pelo general Luiz Eduardo Ramos. No desenho, Ramos assumiria a Secretaria-Geral da Presidência no lugar de Onyx Lorenzoni, este transferido para comandar a recriação do Ministério do Trabalho.

Compartilhar