Após quatro meses de interrupção, a bola vai voltar a rolar no futebol baiano. Maior campeonato da Bahia e um dos principais estaduais do país, o Baianão retorna em 22 de julho, em conciliação com a Copa do Nordeste. A tabela com datas, horários e locais das partidas será divulgada em breve.

A aprovação foi unânime entre os dez clubes participantes da Série A e Federação Bahiana de Futebol. O Baianão 2020 tem seis rodadas a serem realizadas, duas delas pela fase de classificação e as demais válidas pelas rodadas de ida e volta da semifinal e final. Será um total de seis datas.

Novos atletas poderão ser inscritos até o final da fase de classificação, os que já defenderam outras equipes na competição não poderão atuar. Encerrada a primeira a fase, a FBF e as quatro equipes classificadas para a semifinal voltam a se reunir.

Quanto às vagas nas competições nacionais e o rebaixamento, foi mantido o regulamento da competição: o último colocado será rebaixado para a Série B do Baianão 2021.

O clube campeão do Baianão 2020 terá direito à primeira vaga para a Copa do Nordeste 2021. A segunda vaga será do clube mais bem posicionado do estado no ranking nacional de clubes da CBF. Já a terceira vaga, para a Pré-Copa do Nordeste, será do clube que tiver a melhor colocação no Baianão, excluindo os clubes detentores da primeira e segunda vagas.

Caso o campeão baiano não seja das Séries A ou B do Brasileirão, a vaga na Pré-Copa do Nordeste será do segundo clube mais bem posicionado do estado no ranking nacional de clubes da CBF. Terão direito às três vagas da Bahia na Copa do Brasil o campeão, vice-campeão e 3º colocado do Baianão 2020.

Já para a Série D do Brasileirão 2021, duas vagas serão destinadas aos clubes melhores colocados, desde que não sejam integrantes de outras séries do Campeonato Brasileiro. A terceira vaga na Série D será destinada a uma competição a ser realizada posteriormente ou ao terceiro clube melhor colocado no Baianão 2020 que não seja integrante de outra série do Brasileirão.

Compartilhar