Com o futuro definido no Brasileirão, o Bahia já iniciou o planejamento para a temporada 2019. Nesta quarta-feira (28), o tricolor anunciou que o técnico Enderson Moreira vai continuar no comando da equipe em 2019.

“Enderson Moreira está renovado e segue para o ano que vem. Situação interessante para o clube e para ele. Acho que a gente iniciando projeto junto tem perspectiva muito boa”, disse o diretor de futebol do Bahia, Diego Cerri, durante entrevista no Fazendão.

O treinador chegou ao Bahia em junho, durante as semifinais da Copa do Nordeste, assumindo o posto que era de Guto Ferreira. Após o início ruim com a perda do título do Nordestão para o Sampaio Corrêa, Enderson conseguiu ajustar o time e classificou a equipe para a Copa Sul-Americana de 2019.

Além de Enderson Moreira, Diego Cerri anunciou também as renovações do lateral-direito Nino Paraíba e do volante Elton por mais um ano. Os dois foram titulares em boa parte da temporada e vão permanecer no elenco. Antes o Bahia já havia anunciado as renovações do atacante Edigar Junio e do volante Flávio.

“Concluímos permanência de Nino Paraíba e Elton. Eram atletas que tinham contrato vencendo em 2018. Renovamos eles depois, assim como já tínhamos feito a renovação de Edigar e Flávio”, declarou Cerri.

Despedida
Quem não vai permanecer no Fazendão em 2019 é o volante Edson. Emprestado pelo Fluminense pela segunda temporada consecutiva, o jogador não conseguiu boas atuações e passou boa parte da temporada esquecido. Edson foi liberado do treino desta quarta-feira (28), quando o grupo se reapresentou e iniciou os trabalhos para o duelo contra o Cruzeiro, domingo (2), às 16h, em Pituaçu.

“A gente está conversando. Tem um jogador que não deve ficar, que é o Edson. Ele não desceu, não vou mentir. Liberei ele para resolver problemas particulares. De repente, talvez ele continue tocando as coisas dele depois”, explicou Diego Cerri.

Compartilhar