O Governo da Bahia está buscando, cada vez mais, intensificar o turismo no Litoral Norte. Para isso, prevê um alto investimento em ações de acessibilidade e infraestrutura. O objetivo é conseguir aproveitar mais o potencial turístico da região, aumentando a atividade econômica. Em entrevista ao ‘Isso é Bahia” da rádio A TARDE FM, o secretário de Turismo da Bahia, Mauricio Bacelar detalhou as ações.

“Serão 70 milhões de dólares investidos pelo Governo da Bahia com recursos de operações de crédito do banco Pan-americano para qualificar com infraestrutura, investimento na área de cultura, sócio-ambiental, urbanização no entorno da Baía de Todos os Santos. Isso vai incrementar o turismo naútico e gerar renda”, disse em entrevista ao programa na manhã desta quinta-feira, 17.

A região tem sido explorada pela iniciativa privada, que segue com participação na exploração turística da área. “A iniciativa privada vai investir nos próximos 12 anos. Esses investimentos serão implementados até o ano de 2033. Novo empreendimentos já serão inaugurados este ano”.

Para melhorar a acessibilidade à região, o governo pretende construir um aeroporto em Conde. De acordo com o Maurício Bacelar, técnicos da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) já visitaram a cidade e identificaram duas áreas aptas a receber o equipamento.

“Temos investimentos em municípios da região. Da parte pública, existe um estudo aprovado pela ANAC sobre o investimento em um aeroporto na cidade de Conde para atender a demanda que será criada por esses investimentos”, revelou o secretário de turismo.

Além do aeroporto em Conde, há negociações para a implantação de vôos regionais para cidades em áreas turísticas da Bahia. “Para a Chapada Diamantina nós queremos colocar vôos regionais. Teremos através da companhia Subaé os vôos de Salvador para Mucugê. Queremos estimular vôos para Paulo Afonso e Teixeira de Freitas. Temos conversado com as companhias aéreas já que isso estimula a atividade turística e econômica da região”, disse Bacelar.

Compartilhar