Bahia e Vitória foram rebaixados para a Segunda Divisão neste domingo (7), na rodada de encerramento do Brasileirão. O Bahia perdeu por 3 a2 para o Coritiba no Couto Pereira, mas mesmo quando esteve ganhando estava sendo rebaixado com o empate de 1 a 1 do Palmeiras com o Atlético-PR em São Paulo. Esse resultado beneficiaria o Vitória caso o Leão conseguisse vencer o Santos no Barradão, mas o time perdeu por 1 a 0 para a equipe paulista e também foi rebaixado.

bahiaserieb
Tricolor abriu 2 a 0, mas levou virada e viu rodada com resultado desfavorável (Foto: GIULIANO GOMES/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO)

O Bahia estava há 4 anos na Série A, depois de passar 7 anos longe da elite. Já o Vitória volta a cair apenas 2 anos depois do seu último acesso e de fazer uma bela campanha no campeonato passado, quando encerrou em quinto.

A rodada final do Brasileiro definiria somente quem ficaria com a última vaga livre do rebaixamento e não havia como Bahia e Vitória escaparem juntos. Logo no começo do jogo, com 13 minutos, o Bahia abriu o placar no Couto Pereira com Henrique, após jogada de William Barbio – 4 minutos antes, o Atlético-PR abria o placar diante do Palmeiras e os resultados deixavam o Bahia na Série A. Mas a alegria tricolor durou pouco – aos 19, Henrique empatou de pênalti para o time paulista diante do Atlético, resultado que voltava a colocar o Bahia na Série B. O Bahia ampliou com belo gol de Rômulo e viu Zé Love diminuir de cabeça, mas dependia do resultado em São Paulo para se assegurar na elite.

Enquanto isso, o Vitória precisava de um gol para vencer o Santos e ultrapassar o Palmeiras na tabela, mas levava pressão. Leandro Damião perdeu várias oportunidades de abrir o placar e Gabriel chegou a mandar a bola na trave aos 16 minutos. O Leão tentava mais de fora da área, mas quando não errou na mira parou nas mãos seguras do goleiro Aranha.

Os 45 minutos finais foram tensos para o torcedor baiano. O Bahia ia segurando o triunfo diante do Coritiba, mas mesmo assim era rebaixado pelo resultado em São Paulo. Já o Vitória seguia em busca do gol que garantiria sua permanência na Primeira Divisão. O Leão tentava chegar mas não conseguia criar chances mais concretas e, enquanto isso, via o Santos também pressionando – Leandro Damião continuou perdendo chances, como quando recebeu a bola na cara do gol e chutou em cima do goleiro Gatito.

O Bahia levou o empate do Coritiba em gol de Dudu aos 40 do segundo tempo e ainda levou a virada nos acréscimos, selando seu destino. Já o Vitória continuava com chance de sobreviver na Série A, precisando de um gol nos cinco minutos finais, já que o Palmeiras continuava empatando. Mas o time acabou levando gol do Santos no contragolpe, com Thiago Pereira.

Com os resultados, Vitória e Bahia se junta a Botafogo e Criciúma como os quatro rebaixados deste Brasileirão.

As equipes fizeram suas piores campanhas na Série A em toda a história. O Bahia, por ter conseguido um aproveitamento inferior ao do rebaixamento de 2003, quando teve 33,3%. Desta vez, o time terminou a competição com apenas 32,4% de aproveitamento. Além disso, esta também foi a pior pontuação do Tricolor. Há 11 anos, o time do Fazendão caiu com 46 pontos. Desta vez, o Bahia desceu com 37.

O Vitória também realizou a sua menor pontuação na era dos pontos corridos. Com 38 pontos em 2014, o desempenho rubro-negro chegou a ser pior do que o da queda há quatro anos, quando somou 42.

vitoriaserieb

Compartilhar