Em tom de desabafo, Luiz Bacci afirmou que ele e sua família foram ameaçados de morte, depois de mostrar o momento em que uma mãe descobre que a sua filha desaparecida foi assassinada, durante o “Cidade Alerta”.

O caso vinha sendo explorado pelo programa policial da Record desde a terça-feira da semana anterior. A reportagem, na segunda-feira, era então a quarta dedicada ao tema.

“Vocês sabem que essa não foi uma semana fácil para mim, para todos nós, aqui. Ameaça de morte no Instagram. Quando eu sou ameaçado, isso só me faz saber que eu estou no caminho certo”, disse o apresentador. “Por causa de uma coisa que aconteceu essa semana, vocês não sabem o que eu fui obrigado a ler. [Fui] ameaçado de morte e ameaçaram de morte a minha mãe. Que coisa horrível”, lamentou Bacci.

Exposição e desmaio
No início da semana, Bacci falava com Andrea, mãe da jovem Marcela, que estava desaparecida, e revelou ao vivo que o corpo da filha tinha sido encontrado.

Ao descobrir que a garota foi assassinada, a mãe começa a gritar: “Não, ele não fez isso com a minha filha”. Na sequência, Andrea tira os fones de ouvido e precisa ser carregada pela equipe de filmagem.

Imediatamente, o vídeo com o desmaio da mãe viralizou pelas redes sociais.

No dia seguinte, Bacci pediu desculpas aos telespectadores, mas disse que Andrea “fez questão de agradecer o ‘Cidade Alerta'”.

“A gente estava ao vivo e a informação chocante fez com que ela se sentisse mal. Assim que terminou o programa ontem eu conversei com a D. Andrea, hoje eu também conversei com ela e ela fez questão de agradecer o Cidade Alerta. Mas quero também me desculpar, pedir desculpa a você que nos assiste por essa situação. Aqui é um programa ao vivo e nós infelizmente estamos sujeitos a isso. Nós jamais teríamos a intenção de causar qualquer desconforto a essa família. Nossa única intenção é ajudar nesses casos, que às vezes ficam invisíveis na sociedade”, disse ele.

Compartilhar