A gestão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem a aprovação de 24% dos brasileiros, a pior marca de seu mandato até o momento, segundo pesquisa do Instituto Datafolha. No ultimo levantamento em março, o percentual dos que consideram a gestão ótima ou boa era de 30%.

O índice de rejeição ao governo, considerando-o ruim ou péssimo, era de 44% e atinge 45% na nova pesquisa, realizada entre terça-feira, 11, e esta quarta, 12. De acordo com o instituto, foram realizadas 2.071 entrevistas presenciais em 146 municípios de todo o Brasil. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

O governo atual, que assumiu o Palácio do Planalto em janeiro de 2019, é avaliado como regular por 30% dos entrevistados, percentual maior do que os 24% de março; 1% não opinou. Ainda segundo o Datafolha, 54% dizem que não votariam em Bolsonaro de jeito nenhum, e o ex-presidente Lula (PT), seu principal adversário, lidera a corrida para a Presidência.

A popularidade de Bolsonaro, que no último mês de 2020 atingia o recorde de 37%, foi caindo até chegar ao atual patamar de 24% (queda de 13 pontos percentuais). Esta é a primeira vez na série histórica do Datafolha que o presidente amarga, ao mesmo tempo, o maior percentual de rejeição e o menor de aprovação.

Compartilhar