Os ônibus do transporte coletivo de Salvador voltaram a circular pelo Complexo Nordeste da Amaralina, na manhã desta terça-feira (8), após sete dias de suspensão do transporte na região.

A interrupção dos coletivos pelos bairros de Santa Cruz, Nordeste de Amaralina e Vale das pedrinhas, que pertencem ao complexo, ocorreu durante a operação da Secretaria da Segurança Pública (SSP) no local contra um grupo criminoso que atua na região. O policiamento continua no bairro.

Até segunda-feira (7), 16 pessoas apontadas pela polícia com envolvimento com o tráfico de drogas tinham sido localizadas. Dessas, nove foram presas e sete mortas em confronto.

De acordo com o Sindicato dos Rodoviários, a retomada ocorreu após reunião com a Polícia Militar na segunda-feira.

“Ontem, depois da conversa com o coronel Xavier [da Polícia Militar], decidimos retornar. O comandante nos garantiu a segurança. Conversamos com os trabalhadores e explicamos a retomada”, disse Daniel Mota, diretor de comunicação do sindicato.

Final de linha do bairro Santa Cruz, em Salvador, na Bahia nesta terça-feira (8) — Foto: Victor Silveira/TV Bahia

Final de linha do bairro Santa Cruz, em Salvador, na Bahia nesta terça-feira (8) — Foto: Victor Silveira

A SSP-BA já havia garantido o policiamento no bairro e 700 policiais no complexo. Ainda assim, antes da retomada, os rodoviários diziam que não se sentiam seguros para circular no complexo e alegaram preocupação em passar pela região, pois as ruas são estreitas e, em necessidade de fuga, não tinham como fazer retorno pelas ruas.

Quando o acesso dos ônibus foi comprometido o final de linha do bairro Santa Cruz foi realocado para o Parque da Cidade, no Itaigara.

Operação em Amaralina

Trânsito foi modificado no Complexo do Nordeste de Amaralina — Foto: Divulgação/SSP

Trânsito foi modificado no Complexo do Nordeste de Amaralina — Foto: Divulgação/SSP

Três homens foram presos e outros quatro morreram em confronto com policiais no primeiro dia das ações da Secretaria da Segurança Pública (SSP) iniciadas na quarta-feira (2).

Já quinta-feira (3), outros três suspeitos foram presos – um deles, detido no Engenho Velho da Federação depois de fugir do cerco em Amaralina – e outros três morreram no bairro do IAPI.

Na madrugada de sexta-feira (4), um foragido da Justiça tentou passar por uma blitz montada na entrada do bairro de Santa Cruz e foi preso pelos policiais.

No sábado, a SSP-BA informou a prisão de mais duas pessoas alvos da operação na região. Guarnições do Batalhão de Choque e da 40ª CIPM patrulhavam na localidade conhecida como Olaria, quando receberam uma denúncia de tráfico na Rua Professor João Luís Barreiros. Chegando na via, dois homens correram, mas um deles acabou capturado.

Com o suspeito, foram apreendidos uma sacola com maconha e crack, embalagens plásticas, dois celulares e R$ 1.330 em espécie. Já o outro suspeito de integrar um grupo criminoso que atua no NE de Amaralina, foi encontrado no bairro de Engelho Velho da Federação, após uma denúncia anônima. Meio quilo de maconha e uma garruncha foram apreendidos com o suspeito, de 23 anos, que foi apresentado na Central de Flagrantes.

As operações fazem parte do trabalho da SSP em combate a grupos criminosos que atuam na região de Amaralina e facções que planejam crimes pela disputa pelo controle do tráfico de drogas nos bairros.

Compartilhar