Reeleito deputado federal, mas com pedido de registro de candidatura indeferido pelo Tribunal Superior Eleitoral(TSE), Luiz Caetano (PT) disse ter certeza que irá tomar posse em 1º de janeiro.

“Fui diplomado hoje. É mais uma etapa que eu venci na vida. Minhas contas foram aprovadas e tenho certeza que vou vencer a ação, seja no TSE ou no STF”, afirmou Caetano, ao Metro1.

O TSE reformou a decisão do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), que considerava o petista apto a concorrer, mesmo após condenação em segunda instância. A decisão, tomada em 27 de novembro, foi unânime: 7 votos a 0.

Compartilhar