Após a manifestação que acabou com um coletivo incendiado na Avenida Paralela, na quarta-feira (3), os ônibus do transporte público de Salvador deixaram de circular no Bairro da Paz. A informação foi confirmada pelo Sindicato dos Rodoviários, na manhã desta quinta-feira (4).

A manifestação ocorreu por causa da mortes de dois jovens na região e foi realizada na manhã de quarta, por moradores do Bairro da Paz. A Polícia Civil investiga quem são os responsáveis por colocar fogo no veículo.

Ainda na noite de quarta, os ônibus deixaram de entrar no bairro. Não há previsão para a retomada das atividades no local. Enquanto isso, os moradores precisam andar até a Avenida Paralela, para ter acesso ao transporte ou ao metrô.

“Eu tive que caminhar cerca de 16 minutos. Mesmo assim, no dia a dia, os ônibus não passam no horário. A gente conta com os mototáxis. Se não são eles, vai andando. Hoje, eu tive que vim andando. Desde ontem que tive que caminhar. Não tinha ônibus”, disse uma moradora do local.

Compartilhar