Após enviar um ofício para o Laboratório Químico e Farmacêutico do Exército Brasileiro, requisitando a distribuição das medicações, hidroxicloroquina e ivermectina para o tratamento de pacientes diagnosticados com COVID-19 em Salvador, o vereador Alexandre Aleluia comentou em suas redes sociais a resposta do diretor, Coronel Haroldo Paiva.

Conforme carta resposta enviada pelo Coronel, a requisição já encontra-se com o Ministério da Defesa.

Apoiador do governo Bolsonaro, Aleluia é um dos poucos políticos na Bahia que defende o uso dos medicamentos para o combate ao Corona Vírus. O vereador também enviou ofício à ABRAFARMA (Associação de Redes de Farmácias) questionando a falta dos remédios na capital baiana.

Compartilhar