LEIA TAMBÉM:

Rótulo de bebidas, sacos, copos e garrafas plásticas foram encontradas na manhã desta segunda-feira (27), na areia da praia de Jardim de Alah, em Salvador.

O acúmulo de lixo na areia surpreende, já que as praias de Salvador estão interditadas desde março, quando a prefeitura adotou a medida como forma de combate ao avanço da Covid-19.

Apesar da liberação de funcionamento do comércio, as praias de Salvador seguem interditadas. As pessoas, além de sujarem a praia, desobedeceram as regras municipais na ida à praia no sábado (25) e domingo (26), quando Salvador teve aberturas de sol.

Algumas praias de Salvador estão cercadas com tapumes e até pedaços de madeira com arame, mas outras, devido a extensão, não podem ser “fechadas” e, por isso, as pessoas acabam descumprindo a proibição.

Nessas praias, a Guarda Civil Municipal (GCM) tem atuado mediante denúncia da população, para evitar aglomerações. A denúncia pode ser feita pelo site do Fala Salvador, do e-mail ou redes sociais da ouvidoria.

Sacos e copos plásticos foram vistos em toda a extensão da praia de Jardim de Alah, em Salvador — Foto: Danilo Ribeiro/TV Bahia

Sacos e copos plásticos foram vistos em toda a extensão da praia de Jardim de Alah, em Salvador — Foto: Danilo Ribeiro

Praia de Jardim de Alah, em Salvador, amanheceu com muito lixo nesta segunda (27), apesar das praias da capital baiana estarem interditadas por causa da Covid-19 — Foto: Danilo Ribeiro/TV Bahia

Praia de Jardim de Alah, em Salvador, amanheceu com muito lixo nesta segunda (27), apesar das praias da capital baiana estarem interditadas por causa da Covid-19 — Foto: Danilo Ribeiro

Compartilhar