LEIA TAMBÉM:

Seis veículos que faziam transporte clandestino de pessoas foram apreendidos pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (AGERBA).

A ANTT não detalhou data das apreensões, mas informou que elas ocorreram na semana passada, durante fiscalização para combater o transporte interestadual clandestino na Bahia. As ações ocorreram na BR-116, entre os municípios de Jequié, no sudoeste do estado, e Feira de Santana, cidade a cerca de 100 km de Salvador.

Foram vistoriados 12 veículos e seis deles transportavam os passageiros irregularmente. A ANTT detalhou que cinco veículos faziam o transporte interestadual clandestino de passageiros e um realizava viagem sem atender aos requisitos da legislação de transportes. Como não regularizou a situação, também foi apreendido.

Todos os passageiros foram transferidos para ônibus de empresas regulares, com as despesas de passagem pagas pelas empresas flagradas. A operação também teve apoio da Polícia Militar e da Polícia Rodoviária Federal.

A Agência Nacional de Transportes Terrestres detalhou que a ação na Bahia integra a Operação Pascal, que está sendo realizada em todo o Brasil e desde o início, em julho, foram feitas 65 apreensões.

Além do perigo de contaminação pela Covid-19, uma vez que os veículos irregulares não seguem as determinações da ANTT de higienização, e do uso de máscara à bordo, os passageiros correm riscos de acidente. Foram constatadas diversas irregularidades nos veículos como ausência de itens obrigatórios de segurança e itens com defeitos, como pneus carecas e para-brisas trincados.

Compartilhar