Previstas para começar nesta quinta-feira, 30, as mudanças viárias realizadas na avenida ACM por conta das obras do BRT foram alteradas para o sábado, 1. Segundo informações da Prefeitura Municipal de Salvador, as mudanças nas linhas do transporte público também terão início neste dia.

Dentre as mudanças anunciadas, está o bloqueio do retorno localizado próximo à rua da Polêmica. Um novo retorno nas proximidades do Edifício Cidadela será aberto. Outra mudança será a retirada de todo o estacionamento Zona Azul da via marginal da avenida. As vagas serão retiradas aos poucos, até o dia 3. Ambas as mudanças serão definitivas.

Ônibus

As 35 linhas que circulam pela avenida ACM passarão a rodar pela via marginal, no sentido Lucaia, em uma região localizada entre a Igreja Universal e a Ladeira da Cruz da Redenção.

Segundo a Secretaria de Mobilidade (Semob), 22 linhas provenientes da Rótula do Abacaxi, sete que descem o Viaduto Raul Seixas, além de seis que retornam próximo ao Shopping da Bahia serão afetadas.

As linhas originárias da Rótula são:

0207-Massaranduba/Itaigara

0218-Ribeira/Pituba

0342-Vale dos Rios/Circular A

0344-Vale dos Rios/Circular B

0422-Pero Vaz/Itaigara,

0426-Santa Mônica/ Pituba

0518-Sussuarana/CAB /Eng. Velho de Brotas

0713-Santa Cruz/Calçada/Bonfim

0907-Boca do Rio/Ribeira,

0914-Vale dos Rios/Stiep R3

0915-Vale dos Rios/Stiep R4,

0933-Rio das Pedras/ Praça da Sé

1220-Mata Escura/Pituba

1301-Estação Pirajá/Brotas

1320-Pau da Lima/Nordeste

1341-Estação Pirajá/Barra 2

1386-Nova Brasília/Barra

1538,01 e 02- Conjunto Pirajá 1/Pituba

1622-Alto do Cabrito/Boa Vista do Lobato/ Pituba

1643-Fazenda Coutos/Pituba

1645 01 e 02- Alto da Terezinha/Rio Sena/ Pituba

1652- São João do Cabrito/Pituba

Já as que passam pelo viaduto são:

0102-Barbalho/Iguatemi

0421-Pero Vaz/Pituba

0813-Pituba/Vila 2 de Julho/Trobogy

1052-Estação Mussurunga/ Barra 2 1129-Cabula 6/Pituba

1231 e 01-Sussuarana/Barra 2

1386-Nova Brasilia/Jardim Nova Esperança/Barra

As linhas que retornam próximo ao Shopping da Bahia, sentido Lucaia, passarão agora pela marginal da avenida ACM, na altura da MC Donald´s, seguindo pela avenida Paulo VI (ao lado do Hiper Posto), rua Wanderley Pinho, e farão o retorno de volta à Avenida Paulo VI, retornando novamente à marginal da avenida ACM.

As linhas abaixo terão como parada o ponto do entrada do Alto do Saldanha (antiga Comercial Ramos):

1614 Mirantes de Periperi – Itaigara

0715 Lapa – Santa Cruz

0710 Santa Cruz – Aquidabã

0520 Cosme de Farias – Vale dos Rios

1018 Alto do Coqueirinho – Campo Grande

0714 Santa Cruz – Campo Grande R1

Pontos

Segundo informações da prefeitura, as mudanças irão atingir cerca de 300 ônibus em horário de pico. O ponto de ônibus instalado ao lado do viaduto Raul Seixas, defronte à Praça Newton Rique, será desativado e passará a ser no passeio em frente à Igreja Universal. Haverá uma segunda parada, na altura das concessionárias Baviera e Citroen, será realocada para frente do Sine Bahia.

O ponto que fica no lado oposto ao MC Donald’s será desativado e reinstalado logo depois da entrada da rua da Polêmica, perto do posto Shell. Uma última parada de ônibus localizada na passarela que fica defronte à Comercial Ramos será reposicionada para a marginal, o que dá aproximadamente 30 metros de distância.

Passarela

A passarela que liga a Comercial Ramos ao Hospital Teresa de Lisieux será demolida. De acordo com o Consórcio BRT, uma nova estrutura provisória atenderá aos pedestres que precisam fazer uso do equipamento para atravessar a avenida.O ponto em frente ao hospital (sentido Shopping da Bahia) será deslocado para poucos metros à frente.

Novo modal

As intervenções do primeiro trecho do BRT, que compreendem trecho de 2,9km de extensão ligando o Loteamento Cidade Jardim (Parque da Cidade) à região do Shopping da Bahia (Estação de Integração BRT/Metrô), estão previstas para serem totalmente concluídas até o final deste ano.

A implantação do novo modal vai possibilitar a criação de linhas exclusivas para o transporte público (sistema BRT), automóveis e bicicletas, em corredores de tráfego próprios e segregados. O sistema será integrado ao metrô e prevê ainda a construção de viadutos e elevados paralelos para implantação das estações. Os primeiros viadutos, na região do Itaigara, já foram concluídos e entregues. O investimento é de R$ 212.781.070,50, com recursos oriundos de financiamento junto à Caixa Econômica Federal.

Compartilhar