O líder do DEM na Câmara Municipal de Salvador, vereador Alexandre Aleluia, condenou a prioridade de apoio do governador Rui Costa, do PT, que patrocinou a exposição “Cu é Lindo”, apresentada por Kleper Reis, a ser realizada no Instituto Goethe, na capital baiana, entre os dias 12 de julho a 12 de agosto.

O democrata condenou o uso de recursos públicos para uma produção cultural de apelo duvidoso e que não encontra respaldo na população baiana. De acordo com Alexandre, é imoral ver o dinheiro do Estado ser gasto com o que considera “lixo revolucionário”, enquanto falta verba, por exemplo, para custear as UPAs da capital e do interior.

“O governador petista prefere o lixo revolucionário em forma de arte, já que o objetivo dele não é a beleza e, sim, a política nefasta contra a família, realizada pelo seu partido, o PT. […] O Instituto Goethe é o aterro sanitário da esquerda caviar de Salvador”, ressaltou Alexandre.

“Felizmente a grande maioria da população repudia essa política do PT e não quer conta com esse lixo travestido de arte”, completou o vereador.

De acordo com os autores do projeto, a exposição foi criada “a partir da necessidade de dar visibilidade ao ânus, parte do corpo abjetada por muitas sociedades, mesmo as contemporâneas”.

Compartilhar