O Hospital Espanhol, um dos maiores de Salvador, funcionou como hospital de campanha durante a pandemia da Covid-19, cinco anos após seu fechamento. Com a queda no número de internações pela doença, o hospital pode fechar as portas novamente. Diante disso, a vereadora Aladilce Souza (PCdoB) protocolou um projeto de indicação pedindo a continuidade das atividades

O PIN 491/2020, indica ao governador a manutenção das atividades do Hospital Espanhol, além de sua conversão e estruturação para atendimento voltado a pacientes acometidos com patologias de naturezas cardiológica e neurológica. “A unidade possui mais de 220 leitos instalados e pode servir de apoio à população”, destaca Aladilce, que fará uma campanha virtual .

A também Ouvidoria da Câmara Municipal acompanhou, por meio do órgão, a situação na pandemia na cidade, além das blitz realizadas nas unidades de saúde em 2019. “Nas visitas realizadas às comunidades e em nossas audiências, pudemos perceber as necessidades da população em relação aos atendimentos médicos, e diante do cenário não podemos abrir mão de um equipamento com essa estrutura. É louvável o decréscimo de internamentos por Covid, mas a população precisa de assistência em outras doenças”, finaliza.

Compartilhar