A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia renovou, nesta quinta (29), o contrato com a empresa terceirizada Sabore, que fornece alimentação para o Hospital Roberto Santos. Na última semana, funcionários e pacientes do hospital denunciaram sobre as condições dos alimentos servidos, além do atraso da entrega das refeições. A vereadora Aladilce Souza (Ouvidora-Geral da Câmara Municipal e Diretora do SindSaúde) cobra um posicionamento do Secretário.

“Os servidores do Hospital e o Sindsaúde vêm  denunciando as irregularidades da empresa de alimentação há muito tempo. A Sabore vem servindo alimentos deteriorados, de baixa qualidade, além dos atrasos das entregas. Escutamos relatos de pacientes que só receberam almoço às 16h, por exemplo”, explica Aladilce, ressaltando que a empresa foi denunciada há mais de 1 ano e, inclusive, já foi condenada para não realizar mais contratos com o Estado.

“Se já houve essa resolução, é estranho que a empresa continue servindo no Roberto Santos, chegando ao ponto de oferecer lanches com insetos. Isso foi a gota d’água, e os profissionais estão revoltados. A Vigilância Sanitária fechou o refeitório na quinta passada pela manhã, e já na tarde a Secretaria mandou reabrir o refeitório. E o mais estranho é que foi publicado uma renovação do contrato com essa empresa. É preciso que o Secretário se explique, porque a voz geral é que a Sabore saia do hospital”, defende a edil.

READMISSÃO – Outra pauta defendida pelos profissionais é a readmissão da nutricionista coordenadora, Silvia Santos Pimentel, responsável por fiscalizar a empresa. “A Secretaria, ao invés de punir a empresa, demitiu a nutricionista que é uma excelente funcionária com mais de 14 anos de casa. Isso causa revolta! O Sindicato já fez uma representação no Ministério Público”, pontua,

Aladilce comenta que já há uma reunião marcada para próxima quinta (01) com a Drª Rita Tourinho. “Estamos acompanhando esse caso, e vamos levar as denúncias para que o MP tome as medidas necessárias. Estamos no apoio aos servidores, e queremos, além da saída definitiva da Sabore, a readmissão da nutricionista para o hospital”, finaliza.

Compartilhar