O senador Jaques Wagner declarou, em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia publicada nesta segunda-feira (13), que existe uma tentativa de isolar o PT motivada pelo “ciúmes” que o partido provoca em adversários.

“Alguns querem isolar o PT. Há um movimento claro de tentar isolar o PT. Acho que tem contraposição de um lado e ciúmes de outro. Acho gozado que ninguém cobra o PSDB nunca ter saído do Governo de São Paulo e oferecido a alguém”, disse o ex-governador da Bahia.

“Então, o problema é que o PT perturba. Fomos 13 anos e meio Governo Federal e temos uma marca muito forte. As pessoas querem destruir. São mais de 30 anos que o PSDB comanda São Paulo. Ninguém é mais identificado com a luta democrática como o PT”, contou.

“O Lula surgiu na luta contra os governos autoritários. Eles nos cobram autocrítica, mas será que não têm que fazer uma autocrítica sobre o golpe que foi o impeachment de Dilma?”, questionou.

Compartilhar