Acusado de assassinar Carine Matos Santana a facadas no último domingo, 17, em Ilha Amarela, foi preso. Ex-companheiro de Carine, o homem foi capturado horas após o crime, escondido na casa de um parente, no bairro de Rio Sena.

A delegada Pilly Dantas, titular da 3ª Delegacia de Homicídios (DH/BTS), informou que o rapaz atacou a mulher após uma discussão, porque ela estaria num novo relacionamento. Ele foi preso em flagrante por policiais da unidade especializada.

Encaminhado para audiência de custódia da Justiça, o acusado, que tem 27 anos, teve o flagrante convertido em preventiva, a pedido da 3ª DH/BTS. Ele já está no sistema prisional.

Compartilhar