O prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) afirmou hoje (24), que lamenta profundamente o ataque do presidente Jair Bolsonaro ao repórter que o questionou ontem sobre depósitos no valor de R$ 89 mil feitos pelo ex-assessor Fabrício Queiroz na conta da primeira-dama, Michelle Bolsonaro. Na ocasião, o chefe do Executivo disse que queria “encher de porrada” o jornalista.

“Lamento profundamente [a ameaça] e reafirmo meu compromisso com a imprensa livre e meu apoio integral aos jornalistas no legítimo trabalho de questionar as autoridades. Nós que estamos na vida pública temos obrigação de conviver com isso”, disse o prefeito.

Também presidente nacional do DEM, Neto disse preferir o presidente quando ele adota uma postura “paz e amor”. “Prefiro o Bolsonaro paz e amor, acho que o Brasil ganha muito mais quando ele está comprometido com o diálogo. Nós estávamos há dois meses percebendo esse comportamento mais tranquilo, sem polêmicas, espero que ele mantenha isso ao invés de agir como ontem”, opinou.

Compartilhar